A curiosa estatística que comprova a consistência de Zverev entre os melhores

Por Nuno Chaves - Abril 6, 2022

É indiscutível que Alexander Zverev está a viver um início de ano abaixo do esperado, ainda assim, não é por isso que deixa de estar entre a elite.

Aliás, muito provavelmente, muitos nem se apercebem, mas o que é facto é que o alemão já está há muito tempo entre os melhores. Para se ter uma ideia, nesta segunda-feira, Sascha cumpriu as 100 semanas… no top 4 do ranking mundial.

É, por isso, o 25.º jogador da história com mais semanas dentro deste lote muito restrito de jogadores. Ainda assim, há algo que salta à vista e que, certamente, Zverev quererá mudar: é que das 100 semanas no top 4, nenhuma foi passada no segundo ou primeiro lugar do ranking mundial.

52 semanas foram no terceiro posto e 48 no quarto lugar. Será que vai mais além em 2022?

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.