Alcaraz: «Houve uma altura em que não sabia o que fazer contra Sinner»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 1, 2022

Carlos Alcaraz voltou a deixar escapar um encontro com Jannik Sinner, desta feita na final do ATP 250 de Umag. Tal como em Wimbledon, o jovem espanhol de 19 anos foi ultrapassado pelo italiano, sendo que confessou que houve um momento particularmente complicado.

PONTOS DE BREAK NÃO APROVEITADOS NO SEGUNDO SET

Essa foi a chave do encontro. Tive muitas oportunidades e contra como Jannik, se não as aproveito é difícil ganhar. Depois desse jogo, ele melhorou e não encontrei maneira de servir. Houve uma altura em que não sabia o que fazer. Ele começou a responder melhor e isso foi decisivo.

PROBLEMA FÍSICO?

Não. Sinceramente, não sabia como jogar. Não sabia o que fazer. Começou a jogar a um nível muito alto e eu não parei de falhar ou fui menos agressivo. Por isso parecia cansado. Vou tentar não fazer isso na próxima vez.

PONTOS POSITIVOS DA SEMANA

Quando fizer reset à minha mente vou ver as coisas positivas da semana. Neste momento, não consigo descobrir nada.

NÚMERO QUATRO DO MUNDO

É algo muito importante para mim. À minha frente há grandes jogadores, como Rafa, Medvedev e Zverev. Eles já lutam para ganhar Grand Slams, embora o Alexander não o pode fazer por causa da lesão. Ser um deles e lutar pelos Slams é algo incrível para mim.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//bolamarela.pt/jogaco-sinner-da-licao-a-alcaraz-nos-ultimos-dois-sets-e-e-campeao-em-umag/

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.