Alcaraz: «Sou um jogador totalmente diferente daquele que era há 1 ano»

Por José Morgado - Maio 14, 2023
Alcaraz
FOTO: Bruno Alencastro

Carlos Alcaraz, número dois do Mundo — será número um na segunda-feira após o ATP Masters 1000 de Roma –, vive momentos felizes na sua carreira profissional. O jovem espanhol de recém cumpridos 20 anos de idade qualificou-se este sábado para a terceira ronda do torneio italiano, às custas de uma 12.ª vitória seguida, e no final do encontro mostrou-se naturalmente contente pelo facto de ter apresentado um nível interessante, mesmo em condições difíceis e num encontro muito afetado pelas condições climatéricas.

“Foi difícil esperar tanto tempo porque queria muito jogar. Foi complicado, mas tentei ocupar a minha cabeça. Estive a ver o MotoGP, com a minha equipa, com amigos. Tentei levar a pausa da melhor forma possível, mas nunca é fácil porque a certa altura tememos nem sequer entrar em court. Mas felizmente joguei, ganhei e estou muito contente com isso”, confessou em conferência de imprensa.

O campeão do ATP 500 de Barcelona e do ATP Masters 1000 de Madrid vem da defesa desses dois títulos, mas assegura que é aos dias de hoje um jogador totalmente distinto. “Cresci muito desde a primeira vez que cheguei a número um do Mundo (em setembro). Tenho muito mais encontros nas pernas, estou mais experiente, já passei por mais coisas. Sou uma pessoa totalmente diferente e esta temporada é totalmente diferente para mim”, assegurou.

Alcaraz vence primeiro encontro de sempre em Roma no regresso ao número um

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt