Altmaier ganhou mais dinheiro em cinco horas do que em sete… anos

Por José Morgado - Outubro 2, 2020
altmaier

Daniel Altmaier, jovem alemão de 22 anos, é uma das grandes histórias da primeira semana de Roland Garros. O qualifier, mais habituado ao circuito Challenger e no 186.º posto do ranking ATP, qualificou-se esta quinta-feira para a terceira ronda em Paris, o melhor resultado da sua carreira em torneios de Grand Slam.

Contas feitas, o germânico, que deverá entrar no top 150 ATP, já garantiu uma impressionante quantia de 126 mil euros, ao vencer dois encontros em Paris, num total de 5 horas e 10 minutos passadas dentro do court. Para se ter uma ideia do quão relevante é este valor na carreira do germânico, este dinheiro é superior ao que Altmaier ganhou na sua carreira nos sete anos desde que se tornou profissional, com 15 anos em 2013, até finais de 2019: 124 mil euros.

E tudo começou a mudar quando Altmaier mudou a sua base de treinos para Buenos Aires e contratou o treinador argentino Francisco Yunis. “Começámos a trabalhar quando eu estava a 480 do Mundo e depois de ter tido muitas lesões. E aqui estou eu. Sempre gostei de terra batida, nasci e cresci na terra batida na Alemanha pelo que para mim sempre foi natural. Sempre foi uma superfície boa para o meu jogo”.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt