ATP com mão pesada: quem falsificar certificado de vacinação paga 100 mil

Por José Morgado - Novembro 25, 2021

O ATP Tour, entidade que gere os destinos do circuito masculino, aprovou esta quinta-feira o valor de uma multa para qualquer jogador que apresente um certificado de vacinação falsificado a uma das entidades oficiais que podem pedi-los.

Qualquer jogador que falseie um certificado pode ser multado até 100 mil dólares e corre o risco de uma suspensão que pode ascender aos… três anos!

O mesmo acontece com um treinador, membro de equipa técnica ou acompanhante que faça o mesmo. Nesse caso, essa pessoa terá as suas credenciais recusadas para qualquer torneio durante três anos.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.