Azarenka insurge-se contra a guerra na Ucrânia: «Estou devastada com o que se tem passado»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Março 2, 2022
azarenka

Victoria Azarenka, sendo bielorrussa, é uma das tenistas que foram banidas da Billie Jean King Cup, bem como terá de competir sem bandeira no circuito WTA. No entanto, a antiga número um do Mundo não demonstrou qualquer tipo de receio para vir a público condenar a guerra na Ucrânia, confessando estar com o coração destroçado por aquilo que se vai passando em solo ucraniano devido à invasão da Rússia.

“Estou devastada pelas ações que tiveram lugar nos últimos dias contra e na Ucrânia. É de partir o coração ver como tanta gente inocente foi afetada e continua a ser afetada pela violência. Desde a minha infância sempre vi o povo ucraniano e bielorrusso, bem como ambas as nações, como sendo amigáveis e que se ajudavam. É difícil testemunhar uma separação violenta, em vez de haver apoio e encontrar-se compaixão pelo outro. O meu coração está com todos os afetados diretamente por esta guerra que tanta dor causa para muitos. Desejo que haja paz e que a guerra acabe”, partilhou nas redes sociais.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.