Barty revela admiração por Djokovic: «É um desportista incrível»

Por Tiago Ferraz - Fevereiro 24, 2020
ash-barty
REUTERS/Vincent Kessler – UP1EF660WQL08

A tenista australiana e número um mundial Ash Barty estreia-se, esta terça-feira, no WTA Premier 5 de Doha, no Qatar, e aproveitou o momento para fazer um balanço do que tem sido a sua temporada:

«Sinto que tive um bom rendimento (nos primeiros torneios da época). Foi complicado lidar com a derrota em Brisbane, mas a forma como lutei para vencer o título em Adelaide foi inesquecível. O mês foi genial, senti o apoio do público e fiquei aborrecida por terminar com a sensação amarga de não poder estar na final do Open da Austrália. Teria sido fantástico se eu tivesse ido para o court no sábado para lutar pelo título, mas o meu rendimento deve ser valorizado. A Kenin fez um grande encontro, foi subestimada por muita gente e algumas pessoas continuam a fazê-lo. Agora já é uma grande campeã, melhorou muito o seu ténis e está pronta para grandes conquistas», sublinhou.

A tenista australiana revelou ainda uma grande admiração pelo número um do ranking mundial masculino Novak Djokovic:

«É um desportista incrível, um embaixador do ténis a nível mundial e é uma grande pessoa. Já o consideramos como mais um australiano no meu país porque já lá venceu muitas vezes. Eu tento não ter grandes ídolos ou referências. Quero ser eu mesma e a magia do ténis é que todos temos estilos muito diferentes e personalidades variadas no court. Gostava de construir o meu próprio caminho e ter uma identidade reconhecível», disse a australiana citada pelo Punto de Break.

Ash Barty joga, esta terça-feira, perante a alemã Laura Siegemund o encontro de acesso aos oitavos-de-final do WTA de Doha  onde defende o estatuto de primeira cabeça-de-série.

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.