Campeã Osaka dá pneu e embate com Barty está cada vez mais perto de se tornar real

Por Bola Amarela - Janeiro 19, 2022

Naomi Osaka, que defende o título no Australian Open, deu mais um passo rumo a esse objetivo… e a um duelo absolutamente eletrizante em perspetiva com Ashleigh Barty. Mas isso é conversa só para os oitavos-de-final – as duas têm de vencer mais um encontro cada -, pelo que há que focar naquilo que a japonesa fez para chegar à terceira ronda de forma quase imaculada.

A 14.ª do ranking WTA entrou de forma absolutamente arrasadora frente à norte-americana Madison Brengle (54.ª) e depois ainda se viu a perder com break de desvantagem a 4-3 no segundo set, mas voltou a acordar a tempo de não complicar em demasia. Contas feitas, gastou 65 minutos para triunfar com os parciais 6-0 e 6-4. Disparou 8 ases, salvou 9 de 10 pontos de break e acumulou uns impressionantes 37 winners.

Com cinco vitórias em cinco encontros em 2022, Naomi Osaka vai agora enfrentar a norte-americana Amanda Anisimova, que soma por triunfos os sete encontros que realizou na nova temporada.

Quem também não teve quaisquer problemas para seguir em frente foi a checa Barbora Krejcikova. A número 4 do ranking mundial feminino fez da chinesa Xiyu Wang (139.ª) uma presa fácil, com os parciais 6-2 e 6-3 a explicarem isso mesmo. A checa até perdeu o seu serviço por três vezes, mas compensou em larga escala, ao vencer sete dos nove jogos de serviço da asiática. Segue-se Jelena Ostapenko.

Bola Amarela