Collins atropela Swiatek e garante primeira final da carreira num Grand Slam

Por Nuno Chaves - Janeiro 27, 2022
Foto: EPA

Danielle Collins, número 30 mundial, qualificou-se para a final do Australian Open, naquela que é a sua primeira num torneio do Grand Slam e garantiu ainda a sua entrada no top 10 na próxima atualização do ranking mundial.

A tenista de 28 anos realizou uma exibição impressionante e não deu a mais pequena hipótese a Iga Swiatek, impondo-se com uns expressivos 6-4 e 6-1, ao cabo de 1h20 minutos de jogo.

Collins dominou todos os capítulos do encontro, fez mais ases (7-1), mais winners (26-11) e cilindrou por completo o segundo serviço da polaca: Swiatek venceu apenas 14% dos pontos com essa pancada.

O único momento onde a número sete mundial ameaçou uma recuperação foi no primeiro set. Perdia por 2-5, salvou três set points, ainda reduziu para 4-5 mas a norte-americana acabaria mesmo por fechar.

A partir daí, Swiatek desapareceu por completo do encontro e Collins dominou a seu belo prazer o rumo das operações. Na luta por um inédito título do Grand Slam, Collins vai ter pela frente a número um do mundo Ash Barty.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.