Djokovic contra Wimbledon: «Misturar desporto e política nunca correu bem»

Por José Morgado - Abril 21, 2022
djokovic-belgrado

Novak Djokovic, número um do Mundo, mostrou-se esta quarta-feira contra a decisão do torneio de Wimbledon, que anunciou a intenção de impedir a inscrição de tenistas russos e bielorrussos na edição de 2022 do terceiro Grand Slam do calendário. O líder mundial considera a situação “louca” e não concorda com a decisão tomada.

“Serei sempre o primeiro a condenar a guerra. Eu sou uma criança da guerra. Sei aquilo que se passou aqui na Sérvia em 1999. Os civis e pessoas ‘comuns’ sofrem sempre com a guerra, mas eu não posso concordar com a decisão de Wimbledon. Os jogadores russos e bielorrussos não têm culpa nenhuma daquilo que se está a passar. Sempre que na história se decidiu misturar política com desporto nunca correu bem”, assegurou o sérvio de 34 anos.

Martina Navratilova, uma das maiores lendas da modalidade e recordista de títulos em Wimbledon, também discordou da decisão, que foi igualmente colocada em causa pelo ATP e WTA.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//bolamarela.pt/atp-arrasa-decisao-de-wimbledon-e-ameaca-retirar-pontos-do-grand-slam-britanico/

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.