E se houvesse pontos em Wimbledon? Eis o que acontecia no ranking WTA

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 9, 2022

O facto de Wimbledon não ter atribuído pontos esta temporada fez com que alguns fenómenos acontecessem. Por exemplo, Ons Jabeur sagrou-se vice-campeã e vai descer do segundo para o quinto posto, ao passo que a campeã Elena Rybakina não vai sair da 23.ª posição. Mas… E se houvesse pontos no All England Club esta temporada? Houve quem fizesse as contas e as conclusões são muito interessantes.

Jabeur continuava na vice-liderança, atrás de Iga Swiatek, enquanto Rybakina disparava diretamente para a sexta posição. Também Simona Halep beneficiava muito do que fez em Londres e saltava de volta para o top 10, enquanto Tatjana Maria se iria apresentar com uma subida de 69 (!) lugares para o 34.º posto. Jule Niemeier também ganhava 37 posições rumo ao 60.º posto, por exemplo, mas todas estas jogadoras vão ter de repetir o feito em 2023 se quiserem mesmo viver essas subidas no All England Club…

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/mjtennis11/status/1545796975777484801?s=20&t=S1BW0Q7EFSAbcRYkqxsOJQ

A Betano tem mais uma grande missão para ti! Faz uma aposta múltipla (3 ou mais seleções) em qualquer jogo de Wimbledon num valor mínimo de 5€ e caso percas a tua aposta recebes 50% do valor da mesma em Aposta Grátis. Ou seja, se apostares 5€, recebes 2,5€; se apostares 20€, recebes 10€.

Se ainda não estás registado, regista-te aqui e ganha um bónus de 50% até 50€ com o teu primeiro depósito!

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.