Fognini e Milos Raonic eliminados na 2.ª ronda em Roma

Por Tiago Ferraz - Setembro 17, 2020
fabio-fognini
EPA/SCOTT BARBOUR AUSTRALIA AND NEW ZEALAND OUT

O tenista italiano Fabio Fognini continua sem grandes motivos para sorrir neste regresso ao circuito depois de perder na segunda ronda do Masters de Roma diante de Ugo Humbert por 7-5 e 7-6(4).

O encontro começou de forma muito atípica uma vez que ambos sofreram três breaks de forma consecutiva o que deixou o marcador empatado a três (3-3).

Depois deste período, os tenistas encontraram alguma estabilidade no serviço e o set inicial ficou resolvido no 11.º jogo quando Fabio Fognini cedeu o seu serviço em ‘branco’ e ofereceu o primeiro parcial ao francês.

No segundo set, o equilíbrio foi nota dominante uma vez que ambos chegaram ao sexto jogo empatado 3-3 já com um break para cada tenista numa altura em que Fognini já tinha começava a perder o controlo emocional e já tinha levado um warning pelo seu comportamento.

Como consequência, no oitavo jogo, o italiano voltou a perder o seu serviço (5-3), mas Humbert, a servir para a vitória no encontro, vacilou (5-4) e viu Fongini empatar de seguida.

O encontro ficou definido no tie-break com Ugo Humbert a ser superior e venceu por 7-6(4).

No próximo encontro, Humbert vai jogar com Denis Shapovalov que venceu o seu compromisso desta quinta-feira.

Quem também está fora do ATP Masters 1000 de Roma é o canadiano Milos Raonic, que foi derrotado, também esta quinta-feira, por Dusan Lajovic com parciais de 6-7(3), 6-4 e 2-6.

A primeira partida foi muito equilibrada e prova disso foi que ambos os tenistas chegaram ao 12.º jogo igualados a seis apenas com um break para cada lado.

O parcial ficou definido num tie-break que foi favorável a Dusan Lajovic por 7-6(3).

No segundo set, ambos os tenistas estiveram um pouco irregulares e o parcial chegou empatado ao sexto jogo já com um break para cada lado.

Milos Raonic ganhou vantagem logo a seguir quando quebrou novamente o ‘saque’ a Dusan Lajovic e depois disso ainda tremeu, mas fechou a segunda partida com um 6-4 a seu favor.

Na terceira e decisiva partida, Dusan Lajovic esteve imperioso, venceu todos os seus jogos de serviço (apesar de ter enfrentado um ponto de break) e com dois breaks, nos quarto e oitavo jogos, conquistou o triunfo no encontro (6-2).

Na próxima ronda, Dusan Lajovic vai defrontar o espanhol Rafael Nadal na luta por um lugar nos quartos de final.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.