Gasquet sente-se em casa: «Gosto mesmo muito de jogar em Portugal»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 26, 2022
Créditos: Millennium Estoril Open

Richard Gasquet entrou com uma excelente exibição no Millennium Estoril Open, ao bater Tommy Paul, voltando a ser feliz num país onde chegou à final da versão anterior do torneio por duas vezes, enquanto se sagrou campeão já no Clube de Ténis do Estoril em 2015. Por isso mesmo, sente que isso faz a diferença.

“Gosto mesmo muito de jogar em Portugal. É um dos melhores sítios para mim. Ganhei uma vez, fiz duas finais. Conheço bem os courts e gosto de estar aqui. Acho que foi por isso que ganhei hoje, isso fez a diferença”, confessou, na zona mista.

Caso atinja a final, Gasquet iguala o recorde de Rafael Nadal, com 17 épocas seguidas a chegar ao último encontro de um torneio ATP em terra batida, algo que o deixou entusiasmado. “Espero conseguir igualar o recorde de Nadal aqui! Vou fazer o meu melhor, mas claro que vai ser difícil. Vou dar o meu melhor para conseguir mais uma final”, apontou, entre risos.

Feliz com uma das melhores exibições do ano, Gasquet espera que o Estoril lhe traga algo novo em 2022 para reagir. “Espero que seja um ponto de viragem. É um bom torneio para mim, gosto de jogar aqui. Cada encontro é muito duro, mas vou lutar e dar o meu melhor”, rematou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.