Halep e campeã em título Pliskova confirmam favoritismo rumo aos ‘quartos’ em Roma

Por Tiago Ferraz - Setembro 18, 2020
pliskova

As tenistas Simona Halep e Karolina Pliskova, duas primeiras cabeças-de-série, estão nos quartos de final do torneio de Roma depois de vencerem os respetivos compromissos na jornada desta sexta-feira.

Karolina Pliskova, campeã em 2019, foi a primeira a entrar em court e foi feliz diante da russa Anna Blinkova ao vencer, em duas partidas, pelos parciais de 6-4 e 6-3.

O primeiro set foi equilibrado e prova disso foi que o parcial chegou empatado ao oitavo jogo (4-4) sem registo de breaks.

O set ficou definido no décimo jogo quando a russa perdeu o seu serviço, em ‘branco’, para vencer o primeiro set por 6-4.

No segundo set, Pliskova esteve fortíssima, conseguiu dois breaks consecutivos, e ficou a vencer por 5-1. Depois disso, ainda foi ‘quebrada’ (5-2), mas à segunda oportunidade fechou o set e o encontro com um 6-3 a seu favor.

Na próxima ronda, Karolina Pliskova, segunda pré-designada, vai medir forças com a belga Elise Mertens, 11.ª cabeça-de-série.

Quem também segue em frente na prova é a romena Simona Halep que deixou para trás a ucraniana Dayana Yastremska com um resultado de 7-5 e 6-4.

O encontro começou mal para a romena, que esteve a perder por 3-0, mas depois disso conseguiu reagir, devolveu a quebra de serviço e empatou tudo logo a seguir (3-3).

O set inicial ficou resolvido no 11º jogo quando Halep fez novo break à adversária (6-5) e serviu para se colocar na frente do encontro.

No segundo set, Halep entou muito bem, fez dois breaks para ficar a vencer por 3-0 e depois disso limitou-se a gerir a vantagem (perdeu uma das quebras de serviço), mas acabou mesmo por vencer o encontro com um 6-4 a seu favor.

Nos quartos de final Simona Halep vai medir forças com a vencedora do duelo entre as cazaques Elena Rybakina ou  Yulia Putintseva no encontro de acesso às meias-finais.

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.