Halep pode estar a meio caminho de limpar o seu nome das acusações de doping

Por Pedro Gonçalo Pinto - Dezembro 6, 2022

Simona Halep nunca deixou de garantir que está inocente no escândalo de doping que a deixou provisoriamente suspensa. A antiga número um do Mundo encontra-se afastada da competição por ter testado positiva a Roxadustat, mas surgem informações que apontam o caminho precisamente da inocência para a tenista romena.

Segundo Cristian Jura, um juiz romeno que trabalho no Tribunal Arbitral do Desporto, Halep já conseguiu um de dois passos determinantes para ser ilibada pela Agência Internacional de Integridade do Ténis. “Parece que o método pelo qual Roxadustat entrou no corpo da atleta já foi identificado, tendo sido por ingerir um suplemento alimentar contaminado. É um produto que contém uma substância proibida sem esta estar especificado no rótulo ou na informação acessível pela internet”, afirmou ao ProSport.

No entanto, isso não chega para que Halep fique com a filha limpa e possa jogar de novo. A romena agora tem de provar que não houve intenção de tomar a substância proibida para melhorar a sua performance. Para já, está esclarecido como é que o elemento banido foi encontro no corpo de Halep. “A atleta tem de provar a falta de culpa e de negligência. Ou seja se a atleta ou outra pessoa provarem que a Simona não sabia ou suspeitava ou não podia, de forma razoável, saber ou suspeitar, mesmo com todos os cuidados, de que usou ou administrou substâncias proibidas”, acrescentou.

Se Halep alcançar esse desígnio, então será praticamente garantido que Halep irá voltar a competir. Para já, terá uma audiência preliminar onde tudo isto já poderá estar em discussão.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.