Jaime Faria incrédulo após título no Jamor: «Não tenho muitas palavras»

Por José Morgado - Maio 18, 2024
Faria
FOTO: Miguel Reis

Jaime Faria conquistou este sábado o seu primeiro título Challenger aos 20 anos e no final do encontro estava naturalmente emocionado com o seu feito, ainda que sem grandes palavras para aquilo que acabara de suceder.

“Não tenho muitas palavras. Nem sei se fiz um grande encontro. Acho que tendo em conta as condições e envolvência o mais importante era ganhar e conseguir encontrar soluções. Estou muito feliz. É um dia muito importante, o melhor torneio da minha carreira neste complexo inacreditável que posso chamar de casa por tudo aquilo que têm feito por mim.A Federação tem-me ajudado imenso e estamos todos de parabéns”, confessou no final aos microfones da SPORT TV.

Faria vira final inesquecível e conquista primeiro Challenger no Oeiras Open 4

O tenista que treina aqui mesmo no Centro de Alto Rendimento do Jamor ruma ainda este sábado a Paris para mais uma semana que promete ser inesquecível. “Agora já posso falar de Roland Garros. Estou muito feliz. Chegar lá com um torneio ganho dá muita confiança e agora vou continuar o meu trabalho com a equipa técnica.”

[VÍDEO] O momento em que Faria conquistou o seu primeiro Challenger e celebrou… à Gyökeres

Faria ruma agora  Roland Garros com a garantia de que vai subir ao 183.º posto ATP. O jovem português junta-se a Henrique Rocha (também em estreia em Majors) e Francisca Jorge (primeiro Roland Garros) na fase prévia do torneio francês. Tentam juntar-se a Nuno Borges (singulares e pares) e Francisco Cabral (pares) no quadro principal.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt