Jarry: «Não há grande diferença em jogar entre os melhores do mundo»

Por Nuno Chaves - Setembro 15, 2019
jarry

Nicolas Jarry é um dos tenistas chilenos mais talentosos dos últimos anos e que teve como momento mais alto em 2019 o título em Bastad, o seu primeiro da carreira no circuito mundial.

O jovem de 23 anos tem surgido no principal patamar do ténis mundial nos últimos dois anos e explicou as diferenças… ou falta delas. “Para ser honesto, não há muita diferença ao jogar entre os melhores do mundo. Se deres tudo nos treinos e vires que com o passar do tempo te vais encontrando melhor, todos podem ganhar a todos”, citado pelo BioBioChile.

Jarry reconheceu ainda que tem de melhorar alguns aspetos. “Os bons jogos dão-me a confiança de que posso ganhar a qualquer tenista mas tenho de ajustar a minha base, já que tenho muitos altos e baixos ao longo da temporada. Tenho de continuar a tentar melhorar para tentar que os piores momentos sejam escassos e destaque apenas os aspetos positivos”, admitiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.