Kyrgios: «Isto está a ser uma loucura! Vou para o court como se fosse o meu último dia»

Por Bola Amarela - Janeiro 27, 2022

Nick Kyrgios Thanasi Kokkinakis estão a fazer algo verdadeiramente impensável e vão disputar a final de pares do Australian Open, depois de levarem a melhor diante de mais uma das melhores duplas do mundoHoracio Zeballos Marcel Granollers ficaram pelo caminho num ambiente eletrizante, que deixou Kyrgios novamente rendido. Aliás, o australiano confessa estar a viver uma experiência surreal.

“É um sentimento brutal chegar até aqui. Estou emocionado e ansioso por voltar a ir para o court e ter a oportunidade de jogar frente a uma multidão. Ganhe ou perca será uma experiência divertida. Isto está a ser uma loucura! Cada vez que vou para o court é como se fosse o meu último dia. Não esperávamos ganhar tantos encontros, então espero que continuemos a tirar coelhos da cartola”, confessou.

Irritado por ser questionado sobre se o público australiano ia apoiar o seu par ou os compatriotas Matthew Ebden Max Purcell na final, Kyrgios preferiu falar sobre a importância do que está a acontecer. “Creio que nunca se tinha falado tanto deste desporto antes. Na perspetiva do Australian Oopen, precisamos de mais atenção, mais espectadores. O meu objetivo é atrair novos adeptos que queiram seguir o nosso desporto e se apaixonem pelo ténis. Se ligam a televisão e nos vêm a jogar pares e gostam, provavelmente vão fazê-lo na próxima vez também. É assim que um desporto sobrevive”, apontou.

Por seu turno, Kokkinakis também admitiu ter poucas palavras para descrever o que sente. “Isto é tudo um pouco surreal honestamente. Não esperávamos isto quando entrámos no quadro. Jogamos sempre para nos divertirmos, isso era o mais importante, então cada vitória era um bónus. Tenho ido jogo a jogo, a absorver a atmosfera e o calor das pessoas. Agora estamos na final e é incrível ainda por cima com um companheiro como o Nick. Não se pode pedir nada mais do que isto”finalizou.

Bola Amarela