Mauresmo acaba com o álcool em Roland Garros e anuncia que as jornada de sexta-feira começará mais cedo

Por José Morgado - Maio 30, 2024

PARIS. FRANÇA. Amélie Mauresmo, diretora de Roland Garros, apareceu esta quinta-feira na sala de imprensa em Paris para dar algumas novidades importantes sobre os próximos dias do maior torneio de terra batida do Mundo, na sequência de algumas queixas relacionadas quer com o público, quer com as condições climatéricas e programação.

— A jornada de sexta-feira vai arrancar às 10 horas locais em todos os courts, incluindo no court Philippe Chatrier, que assim terá um encontro extra em relação àquilo que é habitual;

— O álcool passa a ser proibido no recinto do torneio, numa tentativa de que os espectadores moderem o seu comportamento após faltas de respeito nos primeiros dias;

— Os árbitros mais experientes serão alocados nos encontros potencialmente mais desafiantes de Roland Garros, de forma a tentarem controlar o público da melhor maneira possível.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt