Medvedev: «Federer e Nadal envelheceram. É mais fácil defrontá-los»

Por José Morgado - Outubro 22, 2021
medvedev

Daniil Medvedev, russo de 25 anos que ocupa o segundo lugar do ranking e ainda tem chances (muito pequenas) de fechar 2021 na liderança do ranking, desistiu do ATP 250 de Moscovo, mas foi à competição para falar com os jornalistas e abordou um dos temas mais recorrentes: o momento de Roger Federer, de 40 anos, e Rafael Nadal, de 35. O russo assume que a lei da vida na engana no desporto…

“Esta é a melhor geração da história do ténis. Nunca nenhuma outra chegará sequer próxima. Nem sequer me atrevo a falar de mudança geracional do ténis. Djokovic continua a ser o melhor, tem 34 anos e ganhar a toda a gente. Em relação a Nadal e Federer seria tonto negar que eles não são hoje em dia tão fortes como eram antigamente. Envelheceram. É mais fácil defrontá-los hoje em dia do que há alguns anos”, assumiu.

Medvedev, que regressa à competição no ATP 500 de Viena, na próxima semana, assume que todos os jovens querem superar o Big Three. “É um troika que queremos derrotar sempre, mas eles não querem perder. Quando a mim, quero ganhar mais Grand Slams, ser número um do Mundo e passar muitos anos no topo. Sei que tenho de trabalhar bastante para que tal aconteça.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.