Monfils brilha e regressa às meias-finais de Doha após grande vitória

Por José Morgado - Fevereiro 22, 2024
monfils

Gael Monfils, ex-top 10 mundial e campeão do ATP 250 de Doha em 2018, voltou a mostrar esta quinta-feira que ainda pode jogar algum ténis de alto nível e qualificou-se para as suas primeiras meias-finais da temporada. São as suas primeiras meias-finais desde que voltou aos títulos na reta final da época passada, em Estocolmo.

Depois de vitórias com contornos épicos diante de Botic Van de Zandschulp e Zhang Zhizhen nas duas primeiras rondas, Monfils, de 37 anos, teve desta feita um dia mais tranquilo, ao derrotar o seu compatriota Ugo Humbert, número um francês e 18.º ATP, por 6-2 e 6-4, em pouco mais de uma hora. Monfils é o jogador mais velho de sempre a chegar ao top 4 deste histórico torneio qatari.

Marca duelo nas meias-finais de sexta-feira com o prodígio checo Jakub Mensik, que tem sido a grande figura da prova.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt