Murray irritado com cãibras: «Talvez tenha de mudar alguma coisa…»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 2, 2022
Foto: EPA

Andy Murray entrava em Washington com expectativas pela subida de forma na temporada da relva, mas a verdade é que o antigo número um do Mundo desiludiu e caiu numa batalha de quase três horas com Mikael Ymer. Uma das questões que mais incomodaram o britânico foi o facto de ter sofrido muito em termos físicos.

CÃIBRAS QUE PREOCUPAM

Comecei a ter cãibras no fim do primeiro set. Depois de algo assim, o que tentas é encontrar uma forma de continuar no encontro e, se possível, ganhar. Talvez ele também tenha tido algumas no segundo set, mas recuperou depois disso. Já eu não consegui. É frustrante. Em Newport também tive cãibras no fim de um dos encontros, em condições muito quentes e húmidas. Normalmente gosto dessas condições, mas tenho sofrido nos últimos dois torneios. Tenho de ver isto com a minha equipa e talvez tenha de mudar alguma coisa…

PONTOS POSITIVOS

O único aspeto positivo neste momento é que tenho mais tempo para me preparar para o Canadá. Se puder resolver a questão física nos últimos torneios, seria bastante positivo. Tenho de o fazer rapidamente porque as condições também são difíceis no Canadá, Cincinnati ou Nova Iorque. Agora não vejo muita coisa boa. Cheguei pronto a Washington, sinto que podia ter jogado melhor.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.