Murray sem dúvidas: «Nadal ainda é um dos melhores em todas as superfícies»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 29, 2022

Andy Murray arrancou o US Open da melhor maneira, ao precisar de apenas três sets para bater Francisco Cerundolo, naquela que foi a sua primeira vitória em três partidas num Major desde 2017. No final, o antigo número um do Mundo não escondeu o alívio.

“Foram realmente condições difíceis. No princípio estava bem, mas no fim havia demasiado calor e humidade. Fiz um grande trabalho. Podia ter fechado algum dos sets mais rápido, mas no geral foi uma exibição sólida. Não era um primeiro encontro fácil, estou feliz com o que fiz”, apontou.

Murray foi ainda questionado sobre Rafael Nadal e a resposta foi inequívoca. “É claramente um dos melhores jogadores que se pode defrontar. Os seus feitos este ano foram brilhantes. O encontro em que dá a volta no Australian Open é excecional. Foi infeliz em Wimbledon, mas acontece. Sei por mim mesmo e por todas as lesões por que passei. É infeliz quando se passa por algo assim, mas ainda é um dos melhores do Mundo em todas as superfícies”, rematou.

Andy Murray bate top 30 e avança no US Open

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.