Nadal: «Gosto de Zverev, mas temos de penalizar estas atitudes mais severamente»

Por José Morgado - Março 11, 2022
nadal-iw

Rafael Nadal, número quatro do Mundo e invicto em 2022 depois de títulos no Australian Open, ATP 250 de Melbourne e ATP 500 de Acapulco, está em Indian Wells à procura de um quarto título e não esconde que o torneio californiano, que tem como dono o multi-milionário Larry Elisson, é um dos seus favoritos.

“Não é surpresa que este é um dos meus torneios favoritos”, começou por confessar Nadal, que está a ficar alojado precisamente no ‘Rancho’ de luxo do dono da prova. “Tenho jogado golfe, treinado bem e tentado estar o mais relaxado possível. Estou bem e pronto para o torneio”, assegurou.

Nadal voltou a comentar a polémica desqualificação de Alexander Zverev do ATP 500 de Acapulco, desta feita para comentar a punição dada pelo ATP, que permite ao alemão continuar a competir, mas sob pena suspensa. “Eu gosto muito do Sascha. Treinamos muitas vezes e desejo-lhe o melhor para a sua vida e para a sua carreira. Ele reconheceu rapidamente que errou, o que é positivo. Por outro lado, temos de penalizar estas atitudes mais severamente ou os jogadores começam a achar que têm um poder interminável. Temos de passar uma mensagem positiva lá para casa, para os fãs, sem esquecer a quantidade de crianças que temos a ver-nos”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.