Naomi Osaka: «Nunca tinha jogado com tanto vento na minha vida»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Março 11, 2022

Há sempre uma primeira vez para tudo. Para Naomi Osaka, essa primeira vez esteve relacionada com… o vento em Indian Wells. É que a antiga número um do Mundo sentiu enormes dificuldades para contrariar as fortes rajadas que se foram fazendo sentir no duelo com Sloane Stephens, antes de finalmente carimbar o triunfo no WTA 1000 californiano.

“Foi um pouco frustrante mas divertido também. Houve uma altura em que estava tudo a voar à volta do court. Nunca tinha jogado com tanto vento na minha vida, então foi uma nova experiência. Fico muito agradecida por ter havido tantos adeptos nas bancadas”, confessou após o encontro.

Sobre o que se passou dentro de campo, Osaka apontou o que fez a diferença. “Apesar do equilíbrio nos primeiros jogos do primeiro set, na minha cabeça só pensava no que tinha aprendido em cada encontro, como no duelo com a Amanda Anisimova no Australian Open. Disse a mim própria que teria oportunidade, só precisava de as aproveitar. Sabia que estava a cometer muitas duplas faltas no início do terceiro set, então tinha de corrigir isso”, apontou.

Por outro lado, confessou que até estava meio perdida no final do encontro. “Honestamente, na fase final nem sabia quanto estava, tive de perguntar ao meu treinador. Estava totalmente concentrada em dar o meu melhor em cada ponto. Sinto que joguei bem na Austrália, mas ainda estou a ter grandes períodos de descanso entre torneios. Com sorte, vou encontrando o ritmo com esta série de piso rápido nos Estados Unidos”, atirou.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.