Nuno Borges reserva lugar no top 100 de pares ao lado de Francisco Cabral

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 1, 2022
Créditos: Millennium Estoril Open

Nuno Borges não conquistou ‘apenas’ o Millennium Estoril Open em pares. É que o maiato garantiu, com este ponto de exclamação de uma semana de sonho ao lado de Francisco Cabral, também ele a entrada no top 100 do ranking mundial de pares, onde vai surgir esta segunda-feira precisamente ao lado do amigo.

Borges estava obrigado a conquistar o troféu para poder dar um salto tão grande, mas a verdade é que isso aconteceu mesmo, pelo que o número dois nacional de singulares vai saltar para a 99.ª posição da hierarquia mundial. Por outro lado, Cabral, que já tinha garantido esse pulo, vai surgir no 80.º posto, continuando a sua escalada vertiginosa.

Refira-se que Francisco Cabral e Nuno Borges tornam-se, desta forma, o 10.º e 11.º portugueses, respetivamente, a entrarem no top 100 de pares. Os outros foram João Sousa (26.º), Nuno Marques (58.º), João Cunha e Silva (72.º), Gonçalo Oliveira (77.º) Emanuel Couto (95.º), Leonardo Tavares (95.º) e Bernardo Mota (96.º).

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.