Nuno Borges volta à ação dois meses depois e deixa fugir match point no Oeiras Open

Por Bola Amarela - Março 30, 2021
nuno-borges

A jogar pela primeira vez em quase dois meses devido a uma lesão no ombro direito, Nuno Borges esteve perto do regresso ideal. O português (375.º ATP) foi o primeiro tenista da casa a entrar em ação no quadro principal do Oeiras Open, Challenger que se vai jogando no Complexo Desportivo do Jamor, mas não conseguiu aproveitar um match point frente a Zdenek Kolar (246.º), que defendia o estatuto de 8.º favorito.

Borges, de 23 anos, caiu com os parciais 2-6, 7-6(6) e 6-1, num encontro que se disputou no Centralito. Ainda assim, o maiato dominou por completo o primeiro parcial e teve pontos de break nos quatro jogos de serviço do checo, sendo bem sucedido em duas ocasiões. Mais equilibrado foi o segundo set, com os primeiros break points a surgirem para Kolar a 5-5. No entanto, Borges salvou ambos e ainda teve um match point a 6-5, no serviço do checo, mas foi obrigado a ir ao tie-break, onde não conseguiu resistir. A acusar algum desgaste e a oportunidade desperdiçada, o português apagou-se no terceiro parcial e Kolar capitalizou na maior experiência.

Eliminado à primeira em Oeiras, Borges deixa a participação portuguesa no quadro principal de singulares nas mãos de Gonçalo Oliveira, Tiago Cação, Gastão Elias, Luís Faria e Francisco Cabral jogadores que ainda vão entrar em ação na jornada desta terça-feira.

Bola Amarela