O vício é sério! Borges e Cabral voltam a brilhar e estão nas ‘meias’ do Millennium Estoril Open

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 29, 2022

Já não há palavras para descrever o que Nuno Borges e Francisco Cabral continuam a fazer juntos. A dupla portuguesa continua a alimentar um grave vício com que ficou no início do ano passado e simplesmente não param de ganhar! Borges e Cabral voltaram a brilhar juntos e, na estreia absoluta em torneios do ATP Tour, já estão nas meias-finais do Millennium Estoril Open, alimentando o sonho — quem sabe… — de se sagrarem campeões.

Com os norte-americanos Tommy Paul e Nathaniel Lammons pela frente, os portugueses triunfaram com os parciais 6-3 e 6-7(6) e 10-6 ao cabo de 1h25 minutos. Com toda a dinâmica que lhes valeu oito títulos em dez finais Challenger ao longo do último ano, Nuno Borges e Francisco Cabral venceram o 28.º dos últimos 29 encontros (contando com dois walkovers), sendo este o 11.º triunfo seguido, contabilizando um walkover.

A tarefa fica mais difícil do que nunca nas meias-finais, uma vez que os adversários são nada mais, nada menos do que os primeiros cabeças-de-série do Millennium Estoril Open. Em causa estão Jamie Murray (22.º do Mundo, antigo número um e dono de dois Grand Slams) e Michael Venus (11.º e uma vez campeão em Majors). Murray e Venus ultrapassaram Aleksandr Nedovyesov e Aisam Ul Haq Qureshi, por 6-4 e 6-4, a caminho das meias-finais.

Nota ainda para algo especial que fica confirmado para Francisco Cabral. É que, com este triunfo, o portuense fica com entrada garantida no top 100 — provisoriamente 98.º –, algo inédito na sua carreira. Também Nuno Borges vai fixar um novo máximo aconteça o que acontecer daqui para a frente, já que virtualmente é o 117.º de pares.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.