Paire furioso: «Quero saber se a ATP quer defender os jogadores ou a Rússia»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 24, 2022

Sempre muito direto e sem papas na língua, Benoit Paire fez questão de pedir para dar uma conferência de imprensa, mesmo tendo perdido com Ilya Ivashka. O francês entrou logo decidido a falar sobre a questão de Wimbledon e apontou o dedo de forma muito clara à ATP.

WIMBLEDON SEM PONTOS

Gostava de saber se a ATP defende mais os jogadores ou a Rússia. Por isso é que quis vir aqui. Porque vamos jogar um torneio sem pontos. Quando alguns tiveram Covid, não dissemos que deviam cancelar os torneios. Mas quando temos três ou quatro tenistas russos, incluindo Medvedev, estamos a ir contra Wimbledon. Se formos ouvir os jogadores, 99% deles querem ter pontos e jogar o torneio como antes. Então quero saber se a ATP quer defender os jogadores ou a Rússia

VAI A WIMBLEDON

Eu vou lá buscar o meu prize money, como iria a um torneio de exibição. Mas a questão é: por que é que não falaram com os jogadores antes? Sim, dizem que um conselho votou, mas ninguém falou connosco sobre isto. Se é uma guerra entre a ATP e Wimbledon, não é boa para nós porque queremos jogar normalmente. Lamento pela Rússia e pelos russos, mas são eles quem está a causar os problemas. E os jogadores é que estão a pagar o preço.

DECISÕES QUE PREJUDICAM

Sim, há uma guerra na Rússia, então há sanções que podem ser dadas. Mas a ATP deve defender a maioria dos jogadores, não apenas quantro ou cinco. Todos os outros vão ter problemas por causa disto. Lembram-se da Covid, quando três ou quatro não podiam jogar porque estavam trancados nos quartos? Não decidiram congelar os pontos. Não percebo isto. Vamos todos ser penalizados. Vamos a um torneio de exibição só buscar o cheque.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.