Pedro Araújo e Francisco Rocha aproximam-se do quadro principal na Quinta do Lago

Por José Morgado - Março 4, 2024

Pedro Araújo, de 21 anos, e Francisco Rocha, de 24, foram esta segunda-feira os únicos dois portugueses a conseguirem apurar-se para a terceira e última ronda da fase de qualificação do ITF M25 da Quinta do Lago, disputado no The Campus, localizado neste resort mundialmente famoso com mais de quarenta anos de existência. A jornada acabou por ser interrompida pela chuva, que impediu que João Domingues, Diogo Marques, Tiago Pereira, Miguel Simão e Miguel Lopes concluíssem os seus encontros da segunda ronda da fase de qualificação.

Araújo, número 776 do ranking mundial, levou a melhor sobre o francês Max Cunat (sem ranking ATP), por 6-3 e 6-0, ao passo que Rocha (926.ª WTA) levou a melhor num duelo português diante de Martim Simões (1921.º), por 7-5 e 7-5, naquele que foi o regresso do tenista do AHEAD CT aos singulares, depois de na semana passada ter optado por jogar apenas a variante de pares em Faro devido a um desconforto físico.

Na ronda de acesso ao quadro, Araújo vai defrontar o finlandês Eero Vasa (1008.º e seu parceiro de pares há duas semanas) e Rocha mede forças com o jovem lituano Edas Butvilas (633.º ATP).

Ainda antes da chuva, caíram na segunda ronda do qualifying os portugueses Illia Stolliar, Tomás Almeida, Daniel Silva e Ricardo Batista, irmão de Daniel Batista, que venceu o torneio wild card e entrou diretamente no quadro principal por essa via. O quadro principal arranca já esta terça-feira e conta, para além desse convidado, com Henrique Rocha, Gastão Elias, Jaime Faria e Duarte Vale.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt