Perigo à vista? Keys arrasa na final de Adelaide para voltar aos títulos quase três anos depois

Por Bola Amarela - Janeiro 15, 2022

Madison Keys está (mesmo) de volta! A norte-americana, antiga vice-campeã do US Open que chegou a ser número 7 do mundo, assinou uma exibição arrasadora na final e conquistou o título em Adelaide. Trata-se do primeiro troféu que Keys ergue em quase três anos – o último tinha sido em Charleston’2019 -, sendo que se trata da sexta conquista na carreira da jogadora que ocupa neste momento o 87.º posto da hierarquia mundial feminina.

Keys não deu a mínima hipótese à compatriota Alison Riske (57.ª) e fechou com os parciais 6-1 e 6-2 em apenas 1h08, num encontro de um só sentido. A norte-americana perdeu apenas 14 pontos no serviço, não enfrentou qualquer ponto de break e o poder de fogo das suas pancadas deixou Riske encostada às cordas durante todo o duelo e sem saber o que fazer para evitar o alto nível da adversária.

Desta forma, Madison Keys chega ao Australian Open como um perigo a ter em conta e já a aproximar-se da elite em termos de ranking. É que este troféu levantado em Adelaide vai fazer com que a norte-americana salte para o 51.º posto do ranking WTA, entrando no Happy Slam com vontade de ser tomba gigantes e de tentar imitar as meias-finais que alcançou em 2015.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela