Quem são os reis das multas do Australian Open? Da fúria de Medvedev ao coaching de Tsitsipas

Por Bola Amarela - Janeiro 29, 2022
Foto: EPA

Tantas vezes vemos os tenistas a serem penalizados por violarem os códigos de conduta nos seus encontros, mas raramente se sabe quais são as exatas multas que têm de pagar depois disso. Pois bem, o Australian Open decide apresentar tudo de forma clara e revelou quem são os reis das multas até agora, sendo que 17 jogadoras vão enriquecer um pouco mais os cofres do torneio australiano.

No topo está Denis Shapovalov, que vai ter de retirar 15 mil dólares dos seus prémios monetários para pagar em multas, sendo que 12 mil desta soma são referentes ao encontro dos quartos-de-final com Rafael Nadal, no qual perdeu a cabeça e disparou a frase “vocês são todos corruptos” para Carlos Bernardes. Logo de seguida surge Stefanos Tsitsipas, com 13 mil dólares que terá de pagar inteiramente devido ao coaching pelo qual foi penalizado em três ocasiões.

Daniil Medvedev aparece em terceiro lugar depois de ser multado em 12 mil euros pelo encontro com Tsitsipas, durante o qual dirigiu insultos ao árbitro. O russo não estava a gostar precisamente do coaching do pai do grego e desatou aos gritos com o árbitro do encontro em plena Rod Laver Arena. Por outro lado, Nick Kyrgios três contra-ordenações que lhe custam 10 mil dólares, enquanto há uma outra multa que salta à vista: Mikael Torpegaard terá de pagar de 7500 dólares por falta de esforço durante a primeira ronda do qualifying.

Bola Amarela