Roland Garros pulveriza recordes de receita e assistência em 2022

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 5, 2022

Esta edição de Roland Garros vai ficar na história. Amélie Mauresmo, diretora do Grand Slam parisiense, e Gilles Moretton, presidente da Federação Francesa de Ténis, juntaram-se para fazer o balanço do torneio, ainda antes da final entre Rafael Nadal e Casper Ruud, e revelaram que todos os recordes foram pulverizados.

No que diz respeito a receitas, a edição de 2022 superou pela primeira vez na história os 300 milhões de euros, sendo que houve 613.500 adeptos que passaram pelo complexo francês durante a quinzena na catedral da terra batida.

Os mais de 300 milhões de receitas com bilhetes superam os 262 milhões faturados em 2019, ao passo que a assistência também os números desse ano, que se ficaram pelos 519 mil. Algo que certamente teve a ajuda das sessões noturnas, que podem ter potenciado a entrada de mais adeptos por se tratar de algo à parte. Por outro lado, foi ainda a edição mais vista na televisão, com 38 milhões de telespectadores antes da final masculina.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.