Rune salva quatro match points e defende título em Munique de forma dramática

Por José Morgado - Abril 23, 2023
runee

Holger Rune, número sete do ranking mundial, defendeu este domingo com sucesso — mas muito drama — o primeiro título que venceu na sua carreira, ao conquistar o ATP 250 de Munique pela segunda temporada consecutiva, às custas do mesmo adversário na final, mas desta feita de forma… bem distinta.

O dinamarquês, vindo de uma final perdida em Monte Carlo, derrotou na final de Munique o neerlandês Botic Van de Zandschulp, 29.º ATP e em busca de um primeiro título no principal circuito, por 6-4, 1-6 e 7-6(3), num duelo de quase três horas que teve um terceiro set inacreditável. É que o neerlandês serviu três vezes (5-2, 5-4 e 6-5) para o título e chegou mesmo a ter não um, nem dois, mas quatro match points.

Este é o quarto título da carreira de Rune e primeiro na temporada de 2023, que não começou bem mas que está a animar em terra batida.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt