Ruud perde em Paris e despede-se também de Turim… e do top 10

Por José Morgado - Novembro 1, 2023
ruud paris
Julien Crosnier / FFT

Casper Ruud, ex-número dois do Mundo e que no ano passado por esta altura lutava pela liderança do ranking mundial, foi eliminado esta quarta-feira na segunda ronda do ATP Masters 1000 de Paris, confirmando uma temporada desapontante, na qual só se ‘salvou’ mesmo a final de Roland Garros e o título no Millennium Estoril Open.

O norueguês de 24 anos voltou a passar ao lado da ocasião em Bercy, torneio onde tinha de chegar longe para se manter na luta pela qualificação para as ATP Finals, e perdeu diante do argentino Francisco Cerundolo, 21.º ATP e jogador que conhece bem, por 7-5 e 6-4, num encontro em que voltou a ficar evidente a falta de confiança — e forma — do escandinavo. Cerundolo marca encontro com Hubert Hurkacz (11.º).

A luta pelas Finals fica assim reduzida a seis jogadores, que lutam por quatro vagas. Isto porque horas antes Alex De Minaur (13.º ATP) conseguiu manter-se na luta com um triunfo sobre o sérvio Dusan Lajovic (48.º), por 4-6, 6-4 e 6-4.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt