Rybakina vira de 2-6, 2-4 para bater prodígio russo em Pequim

Por José Morgado - Outubro 4, 2023

Elena Rybakina, número cinco do Mundo e uma das principais figuras do circuito feminino nos últimos anos, parece interessada em voltar aos grandes títulos no WTA 1000 de Pequim e esta quarta-feira qualificou-se para os quartos-de-final do maior torneio da China para o circuito WTA.

A cazaque, campeã de Wimbledon em 2022 e de Indian Wells e Roma esta época, derrotou a jovem russa Mirra Andreeva, de apenas 16 anos e que vinha a fazer uma excelente semana na capital da China, por 2-6, 6-4 e 6-1, depois de ter estado a perder por 2-4 no segundo set. A cazaque venceu 10 dos últimos 11 jogos.

Rybakina pode agora defrontar nos quartos-de-final a bielorrussa Aryna Sabalenka, número um do Mundo, caso esta ultrapasse a italiana Jasmine Paolini.

 

  • Categorias:
  • WTA
Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt