Sinner e Hurkacz confirmam favoritismo, Gaston vence batalha eletrizante em Roland Garros

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 24, 2022

Com a metade inferior do quadro muito aberta, dois dos potenciais candidatos mostraram-se em forma para começo de conversa. Um deles é Jannik Sinner, italiano que procura um grande resultado num Grand Slam para se afirmar cada vez mais. O número 12 do ranking ATP não abanou e bateu facilmente o norte-americano Bjorn Fratangelo (186.º), com os parciais 6-3, 6-2 e 6-3.

O jovem italiano negociou o encontro sem problemas, salvou os dois pontos de break que enfrentou e disparou 32 winners para resolver a questão em menos de duas horas. Agora vai defrontar um tenista mais em forma, o espanhol Roberto Carballes Baena, que superou Oscar Otte em cinco sets, por 7-6(5), 6-1, 3-6, 2-6 e 6-3.

Hubert Hurkacz, 13.º melhor do Mundo, nem sequer enfrentou break points para superar o italiano Giulio Zeppieri (216.º), que equilibrou dois sets, mas sem consequências, com o resultado final a ser 7-5, 6-2 e 7-5. Hurkacz alinhou 36 winners e apenas 16 erros não forçados para marcar duelo com Marco Cecchinato, que virou de dois sets a zero frente a Pablo Andujar: 4-6, 4-6, 6-0, 7-5 e 6-0.

Por falar em cinco sets, o Suzanne Lenglen viveu um ambiente eletrizante, com o francês Hugo Gaston a encontrar o seu melhor ténis, com vários momentos espetaculares, para bater Alex de Minaur. O número 74 do Mundo bateu o 20.º, com os parciais 4-6, 6-2, 6-3, 0-6 e 7-6(4), levando o público à loucura. Segue-se Pedro Cachín.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.