Sinner faz história com massacre na Taça Davis: Isner nunca tinha ganho apenas dois jogos

Por Bola Amarela - Novembro 26, 2021

Jannik Sinner juntou mais um episódio impressionante à sua ainda curta carreira, ao dizimar John Isner no encontro que deu a vitória à Itália diante dos Estados Unidos. Os parciais finais não deixam a mínima margem para dúvida, com o 6-2 e 6-0 a mostrar bem o domínio do jovem transalpino, mas a verdade é que o desnível no encontro acaba por impressionar, até porque falamos de piso rápido indoor, onde o serviço de Isner poderia sempre dar alguns jogos ao gigante norte-americano.

Ora, a verdade é que se tratou de um resultado histórico. É que, aos 34 anos, Isner sofreu a derrota mais pesada de toda a sua carreira, que conta com 742 encontros, diga-se de passagem. Nunca o norte-americano tinha ganho somente dois jogos num duelo, até porque o seu mínimo eram quatro em quatro ocasiões. Daniil Medvedev ganhou-lhe 6-3 e 6-1 (ATP Cup 2020) e 6-2 e 6-2 (Masters 1000 Canadá 2021), ao passo que Andy Murray castigou com 6-1 e 6-3 (Viena 2016) e Jesse Levine triunfou por 6-3 e 6-1 (Newport 2008). Agora surgiu Sinner a arrasar esse registo…

Bola Amarela