Vivemos, morremos… e Nadal ganha Roland Garros! Rafa é campeão em Paris pela 14.ª vez

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 5, 2022

Há poucas coisas certas na vida. Vivemos, morremos… e Rafael Nadal ganha Roland Garros. A verdade é que, numa edição para a qual entrou com a condição física envolta em dúvidas, o rei da terra batida reclamou o trono e voltou a tornar-se num monstro imbatível para conquistar o Grand Slam francês pela 14.ª vez na carreira. É o suficiente para igualar os 14 Majors que Peta Sampras venceu em toda a carreira, sendo que Rafa já vai em 22, afastando-se dos 20 de Roger Federer e Novak Djokovic.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/rolandgarros/status/1533471434856615937

Num duelo entre o mestre e o aprendiz, Nadal foi soltando o seu ténis e acabou a espalhar magia para fazer de Casper Ruud uma presa fácil. Aos 36 anos, o agora campeão mais velho de sempre da história de Roland Garros desfez-se do número oito do Mundo com os parciais 6-3, 6-3 e 6-0, em menos de duas horas e meia, num encontro em que só por uma vez deixou o norueguês acreditar que se calhar era possível conseguir o impossível. Até que não foi. Outra vez.

Com a quarta vitória sobre um top 10 nesta edição de Roland Garros, Nadal manteve o registo perfeito em finais na catedral da terra batida e não deixou margem para dúvidas. O espanhol quebrou o norueguês à primeira oportunidade, cedeu o contra-break, mas voltou a afastar-se e já não olhou para trás para fechar a primeira partida da final. O que era perto de impossível começou a ganhar contornos incrivelmente difíceis para Ruud, que se estreou na final de um Major.

Mas eis que o número oito do Mundo, a defrontar o seu ídolo pela primeira vez, deu um ar da sua graça. Ruud elevou o nível e abriu uma vantagem de 3-1 no segundo set, a tentar trazer alguma incerteza à final. Mas foi golpe de vista. No momento em que tentou fazer voz grossa, saiu um falsete de Ruud, já que Rafa disparou para onze jogos consecutivos e não voltou a ceder um único para destruir o sonho do norueguês e assinar a 112.ª vitória (!!!) em 115 encontros em Roland Garros.

E a verdade é que essa inevitabilidade da vida voltou a confirmar-se. Pela 14.ª vez em 18 participações, Nadal fez de Roland Garros o seu salão de festas e coroou mais um momento histórico numa carreira  que ganha contornos cada vez mais monstruosos. E tudo isto numa altura em que aquela maldita lesão crónica no pé esquerdo o deixa cada vez mais a pensar sobre o que fazer a seguir…


Transmissões de todos os jogos de Roland Garros é na betano.pt! Se és fã de ténis e queres acompanhar de perto o maior torneio de ténis francês, clica AQUI. Entra na Missão Roland Garros Betano, aposta e ganha com os teus dotes de adivinhação. Para isso, só tens de fazer uma aposta múltipla (3 ou mais seleções) no torneio, com o valor mínimo de 5€. Caso percas a aposta, recebes 50% do valor apostado até 20€.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.