Wilander: «Rune cometeu um erro ao dizer que pode ser número um em 2023»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Novembro 24, 2022

Holger Rune fechou 2022 de forma sensacional, ao bater cinco tenistas do top 10 consecutivamente para vencer o Masters 1000 de Paris. O dinamarquês colocou-se no top 10 ele próprio e fecha o ano em 11.º, sendo que não hesitou em afirmar que o seu grande objetivo é ser número um do Mundo já em 2023. Ora, trata-se de um erro na opinião de Mats Wilander.

“Rune cometeu um erro claro ao dizer que pode ser número um em 2023. É colocar demasiada pressão e considero que devia ter como exemplo o Casper Ruud no que diz respeito à atitude. Mas nunca se sabe, talvez sirva para se motivar”, disse ao Eurosport.

O antigo número um do Mundo aponta ainda um aspeto onde o jovem dinamarquês de 19 anos tem de melhorar. “Vai ter de fazer ajustes importantes na sua linguagem corporal, mas estou convencido de que conseguirá porque aprende rápido e tem muita vontade de vencer. É um grande lutador e isso é ótimo, mas se não controlar as suas emoções é algo que os adversários podem aproveitar”, rematou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.